Idioma:

  • Nota máxima para o nosso programa anticorrupção!

    DATA: 31/01/2018

    Publicado por: Odebrecht S.A.

    A ONG Transparência Internacional (TI) acaba de apresentar um novo estudo sobre a transparência em relatórios corporativos divulgados pelas 100 maiores empresas e os 10 maiores bancos brasileiros. O estudo avaliou a qualidade das informações relativas às práticas corporativas contra a corrupção e a transparência na divulgação das estruturas organizacionais. A Odebrecht S.A. e a Braskem estão entre as empresas avaliadas, com notas acima da média. Confira!

    Os resultados dos nossos esforços para garantir um ambiente ético, íntegro e transparente já começaram a aparecer! A Odebrecht alcançou 100% na avaliação da Transparência Internacional por seu programa anticorrupção. Vale destacar que apenas nove empresas conquistaram essa pontuação. No que diz respeito à transparência organizacional, alcançamos 50%. No índice geral, nossa nota foi 7,5, em uma escala de 0 a 10 – uma pontuação acima da média do grupo de empresas avaliadas, que foi de 5,7.

    A Braskem também conquistou excelentes resultados. Com uma nota de 8,5, alcançou 92% por seu programa anticorrupção e 75% pela transparência de sua estrutura organizacional.

    A pesquisa avaliou ainda o quão transparentes são as 53 maiores empresas brasileiras com operação no exterior. Nesse grupo, somente cinco empresas atingiram a nota de 100% pela transparência em seu programa anticorrupção, entre elas a Odebrecht. No item transparência organizacional o nosso resultado de 50% se manteve. Neste extrato da pesquisa, foi analisada também a divulgação de resultados financeiros em cada país de atuação. Neste aspecto, não pontuamos. “Vínhamos adotando, até então, a divulgação de resultados por Negócio, e não por país, o que influenciou nossa avaliação”, explica Sérgio Leão, responsável por Sustentabilidade na Odebrecht S.A.. Ao final, nossa nota foi 5,0, de uma média de 4,5 das demais empresas. “O estudo aponta os caminhos para melhorarmos nos quesitos da transparência e já nos comprometemos a subir neste ranking”, afirma Sergio.

     

    Sobre o estudo

    O novo relatório da Transparência Internacional avaliou o modo como empresas brasileiras divulgam informações sobre suas práticas anticorrupção, sua estrutura organizacional e seus dados financeiros relativos à atuação em outros países – para a ONG, três aspectos essenciais para avaliar a transparência corporativa. As companhias recebem uma nota de acordo com a qualidade da divulgação desses itens e são ranqueadas segundo a pontuação recebida.

     

    Quer saber mais sobre a ONG Transparência Internacional e seu novo relatório? Acesse: http://transparenciacorporativa.org.br/trac2018/. O estudo está bem interessante e vale a pena ser lido.

    2 Comentários

    Comentários

    1. Domitila disse:

      Muito bom! Parabéns!

    2. Marcelo Coelho disse:

      Há que se destacar também, que a Braskem consta em tal lista com média de 8,4! Estão todos de parabéns!! Continuemos portanto, a retomada de nossos propósitos.

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    São Paulo, 19 de junho de 2019 – A justiça peruana homologou nesta quarta-feira o acordo definitivo com a Odebrecht que...

    24 de Junho de 2019
    +
    0

    Comunicação com propósito: o papel do comunicador na mobilização pela ética e sustentabilidade. Foi com esse tema que mais...

    12 de Junho de 2019
    +
    0

    Ao longo dos últimos anos, os Negócios do Grupo Odebrecht trabalharam com grande foco na implantação e consolidação de...

    31 de Maio de 2019
    +
    0

    Pouco mais de 300 universitários integrantes do Movimento Empresa Júnior (MEJ) estiveram na sede do Grupo Odebrecht no dia...

    02 de Maio de 2019