Idioma:

  • Odebrecht Engenharia & Construção agora é OEC

    DATA: 02/05/2019

    Publicado por: OEC

    No ano em que completa 75 anos, a Odebrecht Engenharia & Construção anuncia a renovação de sua marca adotando agora as iniciais “OEC”. A nova identidade visual, desenvolvida com o apoio da consultoria Keenwork, traz as cores verde, azul e cinza e pode ser vista em todas as comunicações da empresa a partir deste mês.

    O novo nome é seguido do descritivo “Odebrecht Engenharia e Construção”, que demarca seu segmento de atuação. A mudança reflete o que a empresa chama de Jornada da Transformação, com importantes avanços na sua governança, como a implementação de um novo sistema de conformidade, incorporação de conselheiros independentes, atualização e adoção de novas políticas e diretrizes, um processo de sucessão que promoveu uma nova geração de líderes, a assinatura de importantes acordos no Brasil e exterior e, por fim, o início de sua reestruturação financeira.

    “Foi uma caminhada intensa que nos permitiu iniciar um processo de reconstrução de confiança e cujos resultados já estão aparecendo até mesmo na forma de importantes conquistas de novos projetos desde o ano passado”, afirma o presidente da OEC, Fabio Januário.

    Além da nova marca, a empresa iniciará também em maio uma campanha de publicidade apresentando seu novo momento. Segundo o responsável por MKT Institucional da OEC, Rodrigo Vilar, essa ação reforça o compromisso de estabelecer uma relação mais próxima e transparente com a sociedade. “A empresa fez muito nesses últimos três anos e se reinventou, sem perder o que sempre teve de melhor: pessoas de conhecimento e capacidade técnica e de entrega diferenciada. A campanha é um convite para que todo interessado possa acompanhar esse processo de aprendizado e reconstrução”, afirma Vilar.

    Luis Castellari, Head de Criação e Estratégia da Keenwork, explica que a nova identidade visual foi resultado de um trabalho de mais de um ano com a parceria da equipe de comunicação da OEC. “Ouvimos mais de 30 executivos da empresa em todo o mundo, realizamos workshops com a nova gerações de jovens líderes e também conversamos com clientes e públicos estratégicos para chegar uma marca que simbolizasse a união da engenharia com a confiança na capacidade de desenvolvimento das pessoas, que está no DNA da empresa”, explica.

     

    Obras pelo mundo – Ao longo de sua história de 75 anos, a OEC foi responsável pela execução de mais de 2.500 obras de grande porte como usinas hidrelétricas, térmicas e nucleares, além de pontes, viadutos, túneis, linhas de metrôs e trens urbanos, aeroportos, portos, ferrovias e obras industriais.

    Atualmente, a OEC está presente em 16 países, empregando mais de 20 mil trabalhadores de diferentes nacionalidades, em cerca de vinte obras para clientes públicos e privados.

     

    Capacidade técnica reconhecida – Em 2018, a obra da Linha 5-Lilás do metrô de São Paulo conquistou o prêmio de Honra ao Mérito, na categoria Pontes e Túneis, da publicação americana ENR. A construtora foi a única empresa brasileira entre os 22 projetos selecionados de 14 países. De acordo com os rankings divulgados pela revista, a empresa foi elencada como a 8ª no mundo entre as construtoras de plantas para segmento elétrico e a única companhia brasileira entre as 50 maiores, em termos de faturamento.

     

    Inovação no canteiro de obras – Ao longo de seus 75 anos de história, a OEC se caracterizou por ser uma empresa voltada ao empreendedorismo e à inovação, levando aos seus canteiros de obras soluções de grande impacto na otimização de materiais, tempo de execução de serviços, soluções ambientais, entre outros, que conferem aos seus projetos qualidade técnica reconhecida internacionalmente.

    A empresa assinou, no ano passado, um memorando de entendimentos com a Microsoft para cooperação e intercâmbio científico e tecnológico. O objetivo é fortalecer a pesquisa e o desenvolvimento de soluções conjuntas inclusive com o uso de Inteligência Artificial, com aplicabilidade nos canteiros de obra.

    Com esta iniciativa, as empresas têm a expectativa de contribuir ainda mais com a segurança para os integrantes e para as comunidades do entorno das obras, com o aumento da produtividade e com um melhor controle da conservação do meio ambiente.

     

    Conformidade e governança – Desde julho de 2016, a OEC vem reforçando as medidas do Sistema de Conformidade e Governança. Desde que assumiu o compromisso público de combater a corrupção, a empresa criou um novo sistema mais robusto, em linha com o de empresas de capital aberto. Já foram concluídos acordos com autoridades de oito países – Estados Unidos, Suíça, Brasil, República Dominicana, Panamá, Equador, Peru e Guatemala. Outros acordos são esperados e alguns já se encontram em estágio avançado de negociações.

    No início de 2018, a empresa anunciou a chegada da nova Chef Compliance Officer Margarida Smith, oriunda do americano Citibank e com larga vivência no setor de conformidade no mercado financeiro. Também foram implementadas novas medidas, como a decisão de delegar a uma empresa especializada externa a gestão do Canal Linha de Ética e a realização de avaliações (due diligence) de todos os seus fornecedores.

    Em julho de 2018, a OEC deu mais um importante passo no compromisso assumido para uma atuação ética, íntegra e transparente, firmando a “Carta Compromisso do Movimento Empresarial pela Integridade e Transparência”, iniciativa liderada pelo Instituto Ethos em parceria com o Pacto Global das Nações Unidas e da Transparência Internacional.

     

    Presença digital – Como parte do processo de renovação e transparência a OEC lançou em 2018 canais próprios nas redes sociais Facebook, Linkedin, Instagram, Twitter, Youtube, além de um blog de engenharia e um website. O objetivo é estabelecer maior conexão com estudantes e jovens profissionais.

     

    1 Comentário

    Comentários

    1. JOSINO GOES disse:

      Estamos muito otimistas nessa transformação, isso vai representar muito para a empresa, para nós integrantes e ex-integrantes.
      Vejo uma luz no fim do túnel, uma esperança nova para muita gente.

      Se Deus quiser, sairemos desta fase crítica, que parece não ter fim.

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0
    OEC

      Mais de 32 projetos de 20 países concorreram ao prêmio. O desempenho de segurança, as inovações, os desafios, a...

    12 de Julho de 2019
    +
    0
    OEC

    No dia 06 de julho, o Aproveitamento Hidrelétrico de Laúca disponibilizou o quinto grupo gerador de energia para operação...

    08 de Julho de 2019
    +
    0
    OEC

    No dia 8 de maio, o Instituto Ethos, a FGVethics e a IFC, membro do Grupo Banco Mundial, lançaram...

    21 de Maio de 2019
    +
    1
    OEC

    Em março deste ano, a Prefeitura de Belo Horizonte autorizou o início do Contrato de Concessão com a Concessionária...

    16 de Maio de 2019