Idioma:

  • OEC assina acordo para construção de terminal portuário no Espírito Santo

    DATA: 04/05/2018

    Publicado por: OEC

    A Odebrecht Engenharia & Construção e a Petrocity Portos S.A firmaram um memorando de entendimentos para o desenvolvimento de estudos de engenharia para a construção do Centro Portuário São Mateus (CPSM), terminal marítimo localizado no município de São Mateus, no norte do Espírito Santo. Com investimento de R$ 2,1 bilhões, o novo porto Multimodal deverá movimentar diversos tipos de Cargas e já é considerado uma ferramenta de integração regional que ligará o norte e o noroeste do estado do Espírito Santo, além do sul da Bahia e leste e norte de Minas Gerais. O projeto do complexo portuário contará com aporte de recursos privados.
    Com previsão de início da obra no primeiro trimestre de 2019 e conclusão no segundo semestre de 2021, a expectativa é que o C.P.S.M. gere 2,5 mil postos de trabalho no pico da obra. Durante a operação, o terminal portuário deverá empregar cerca de 2 mil pessoas.
    Em uma área de 1,5 milhão de metros quadrados, o novo porto deverá contar com quatro tipos de operação:
    – 1º terminal: para coordenar as atividades de petróleo e gás;
    – 2º terminal: dedicado ao setor de rochas ornamentais;
    – 3º terminal: para gerir a movimentação de contêiners;
    – 4º terminal: com foco em movimentação de carcaças de madeira e de celulose.
    O porto será instalado em área de atuação da Sudene, apesar de estar geograficamente localizado na região Sudeste, o que vai garantir alguns benefícios fiscais ao empreendimento. O estudo de viabilidade técnica e econômica indica uma demanda reprimida de cargas na região, como rochas ornamentais, celulose e madeiras do Sul da Bahia, café, granéis líquido, reparo naval, automóveis, agricultura e, principalmente, cargas conteinerizadas do Sul do Bahia, Norte e Noroeste do Espírito Santo e Minas Gerais. “Contar com a expertise internacional da Odebrecht Engenharia & Construção será fundamental para garantir a execução deste complexo, que irá impulsionar a economia de cidades do interior destes três estados, além de garantir a integração econômica entre eles”, afirma José Roberto da Silva, diretor da Petrocity Portos S.A.
    O conjunto arquitetônico do C.P.S.M. terá um novo conceito arquitetônico, utilizará a metodologia de caixões de concreto e buscará garantir a aplicação de práticas sustentáveis nas fases de instalação e operação. “Nossa experiência e capacidade técnica garantirá a instalação de um dos mais belos e eficientes portos do Brasil”, enfatiza Giorgio Bullaty, GC da OEC responsável pelos estudos do porto.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    A Odebrecht Engenharia & Construção (OEC) em Angola foi reconhecida com o diploma de mérito pela Ordem de Engenheiros...

    11 de Dezembro de 2018
    +
    0
    OEC

    A Odebrecht Engenharia & Construção (OEC) conquistou dois contratos em novembro: as obras de modernização do Porto de Miami...

    04 de Dezembro de 2018
    +
    0
    OEC

      “A TEO empodera o indivíduo a exercer o seu papel na evolução da empresa e a ter responsabilidade...

    06 de Novembro de 2018
    +
    0
    OEC

    O Aproveitamento Hidrelétrico de Laúca comemorou, em outubro, a conclusão da primeira fase do projeto do Sistema de Transporte...

    31 de Outubro de 2018