Idioma:

  • Resultados 2018 do Tributo ao Futuro são divulgados

    DATA: 25/02/2019

    Publicado por: Fundação Odebrecht

    Confira os números da última campanha e as ações realizadas no ano passado.

    Desde 2004, adolescentes do Baixo Sul da Bahia são beneficiados pelo Tributo ao Futuro

    Mais de 5.300 investidores sociais se engajaram em 2018 na campanha do Tributo ao Futuro, contribuindo para a arrecadação de cerca de R$ 2,3 milhões, que serão utilizados ao longo deste ano para viabilizar projetos educacionais voltados à formação e inclusão socioprodutiva de adolescentes na zona rural do Baixo Sul da Bahia. Iniciativa da Fundação Odebrecht (FO), o Tributo mobiliza pessoas dentro e fora do Grupo Odebrecht, incentivando a cultura da doação e estimulando a participação em ações que possibilitam que centenas de jovens tenham acesso a uma educação de qualidade.

    O resultado obtido em 2018 evidencia a força e engajamento da campanha ao superar o de 2017 em números de investidores sociais e valor captado, mostrando o compromisso do Integrante Odebrecht e dos demais doadores com a causa do Tributo. “Esta campanha reafirmou o comprometimento de todos com uma importante causa social: a educação. Mesmo com os desafios postos em 2018, obtivemos um resultado muito expressivo”, diz Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação Odebrecht.

    Destaques da campanha

    Os recursos captados são depositados diretamente na conta dos Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) que, após aprovação de projetos via edital, os repassam para a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PNT). Essas instituições são escolas rurais de ensino médio integrado ao técnico localizadas no Baixo Sul da Bahia e que fazem parte do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), criado e coordenado pela FO, que busca transformar social, econômica e ambientalmente as condições de vida das pessoas desta região.

    Integrantes da Braskem que atuam como Agentes do Futuro durante visita a um dos projetos apoiados

    De 24 de setembro até o início de dezembro de 2018, período que durou a arrecadação, todos os negócios do Grupo Odebrecht se engajaram na iniciativa e foram envolvidos 185 Agentes do Futuro – integrantes voluntários que estimulam colegas de trabalho, familiares e amigos a doarem. Em estandes de apresentação do Tributo ao Futuro montados em escritórios e unidades do Grupo, era possível fazer um passeio virtual aos projetos a partir de um vídeo em 360º que retrata a rotina de estudos e práticas agrícolas dos alunos. Nesses locais, itens produzidos por alunos das Casas Familiares, como chocolate e mel, foram expostos. Ao todo, foram mais de 20 mobilizações em todo Brasil.

    Durante o período de arrecadação, outro destaque foi a criação de novos canais de comunicação do Tributo ao Futuro, como site, telefone fixo e WhatsApp, que permitiram que os investidores interessados pudessem tirar dúvidas e fazer suas contribuições de forma mais prática.

    Prestação de Contas 2018

    Como prova de sua atuação transparente e compromisso com os investidores sociais, a Fundação Odebrecht divulgou as principais ações desenvolvidas ao longo de 2018 com os recursos captados pelo Tributo ao Futuro na campanha de 2017: foram cerca de 4.800 doadores e R$ 2,2 milhões em arrecadação.

    Dentre os principais destaques, tem-se o número de 386 Projetos Educativo-Produtivos (PEPs) realizados. Nos PEPs, os alunos realizam a primeira implantação de áreas produtivas, recebendo insumos e orientações das escolas para iniciar cultivos nas suas propriedades, obtendo renda e reinvestindo o lucro em novos ciclos produtivos. “Com o PEP, posso ajudar minha família a ter conhecimento para expandir nossa produção e também conduzir meu próprio negócio”, diz Natiliane Conceição, estudante da CFR-I. Nas três Casas Familiares, 316 meninos e meninas foram matriculados. Desde 2012, já se formaram mais de 1.200. Com os recursos do Tributo ao Futuro, foi possível beneficiar indiretamente mais de 11 mil pessoas.

    Acesse a Prestação de Contas 2018, no site da Fundação Odebrecht, e conheça na íntegra as ações educacionais realizadas com o apoio de investidores sociais.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    No dia 25 de abril, a Fundação Odebrecht esteve presente na 2ª edição do Workshop Polo Tecnológico do Mar,...

    16 de Maio de 2019
    +
    0

    Ver de perto as transformações geradas pelo Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS). Foi com esse...

    29 de Abril de 2019
    +
    0

    Em 2018, a Fundação Odebrecht realizou a Avalição de Impactos do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade,...

    10 de Abril de 2019
    +
    0

    Com o objetivo de estimular o desenvolvimento de ações sustentáveis no ambiente educacional, o Programa Eco-Escolas é uma iniciativa...

    26 de Março de 2019