Idioma:

  • OR conquista primeiro selo EDGE do Norte e Nordeste

    DATA: 13/10/2020

    Publicado por: OR

    Certificação é dada aos empreendimentos que reduzem uso de água, eletricidade e da energia usada na fabricação dos materiais empregados no projeto

    Pouco mais de um ano do início das obras, o projeto do Monvert – empreendimento da OR que está sendo erguido no Horto Florestal, bairro de Salvador – ganhou o selo EDGE de construção sustentável, uma certificação criada pelo IFC (International Finance Corporation), membro do Grupo Banco Mundial. O empreendimento é o primeiro residencial do Norte e Nordeste a receber a certificação, e reforça os valores da OR em sempre inovar para gerar a melhor experiência possível ao seu cliente.

    Mais que um título, a certificação trará benefícios para os moradores do empreendimento, com a redução nos gastos gerados nas áreas comuns, por meio de fachadas e instalações mais sustentáveis, equipamentos de baixo consumo, além de sistemas de reuso de água e geração de energia fotovoltaica. A redução também será proporcionada nas unidades privativas com sistemas que contribuem para uma maior eficiência térmica dos aparelhos de ar-condicionado, iluminação, e redução no consumo de água com dispositivos redutores de vazão nos metais e vasos.

    A certificação é global e concedida para os empreendimentos que conseguem reduzir em, pelo menos, 20% o uso de água, eletricidade e também da energia utilizada na fabricação dos materiais empregados no projeto. O Monvert, que começou a ser construído em setembro do ano passado, com entrega prevista para 2023, conquistou, neste mês, eficiência próxima de 40%, ultrapassando esse percentual na maioria dos itens. “Quanto maior a eficiência do projeto, menor vai ser o custo com água e energia e manutenção do empreendimento”, destacou Daniel Sampaio, diretor-superintendente da OR Nordeste.

    O processo para integrar o time de empreendimentos certificados com o selo envolve algumas etapas. A primeira é a avaliação do projeto. Para tanto, além de participação em reuniões, os responsáveis pelo empreendimento enviam dados sobre a edificação para representantes da certificadora na região. Uma vez recebidas, as informações são inseridas em um software, responsável por apontar, de forma percentual, a eficiência da construção. Se o resultado for igual ou superior a 20%, o projeto recebe o selo.

    Uma vez conquistado, o empreendimento será acompanhado por meio de visitas das equipes da certificadora e da avaliação no produto finalizando, e não mais com base no projeto em si. Quanto maior o índice percentual, mais eficiente é a construção. “As obras vão ter algumas visitas de verificação. A expectativa é que, próximo a março de 2023, quando o prédio estiver erguido, tenhamos um percentual ainda maior de eficiência sobre o prédio pronto. Nossa equipe está sempre desafiada a surpreender ainda mais os nossos clientes”, pontou Daniel Sampaio.

    Benefícios a longo prazo

    Ainda de acordo com Daniel, a conquista do selo traduz tecnologias e métodos construtivos responsáveis pelas reduções das despesas do prédio em relação a consumo de água e luz. Funciona como aval para o cliente de que ele terá menos despesas.

    “O sistema construtivo da fachada faz com que o consumo de energia do ar-condicionado seja menor, em função da redução da troca térmica com o ambiente externo. O empreendimento ainda contará com um sistema de reutilização da água para a irrigação e abastecimento dos vasos sanitários nas áreas comuns. Lâmpadas de LED serão instaladas nas áreas de convivência e contribuirão com a redução de até 36% no consumo da energia, quando comparada a uma lâmpada convencional. Os materiais, como vaso sanitário e chuveiro, vão ser de combate à evasão de água, que gera a redução na conta do cliente”, detalhou o diretor-superintendente.

    IPTU Verde

    Além das reduções no consumo de energia e água que reforçam o uso consciente desses recursos, a Prefeitura de Salvador disponibiliza descontos de até 10% no Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) de empreendimentos que tenham o selo, por meio do IPTU Verde. Para isso, é preciso atingir pontuações que vão definir o percentual do desconto ao qual o empreendimento tem direito.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    Com a entrega, empreendimento está 100% pronto para moradia. O Reserva Sauípe – empreendimento da OR situado no litoral...

    01 de Junho de 2021
    +
    0

    Nesse sábado, dia 15 de maio, a OR lançou o Terra Dourada Parque Camaçari, empreendimento de lotes residenciais, em...

    18 de Maio de 2021
    +
    0

    No início de abril, a OR aderiu ao Programa de Capacitação de Empresas do Setor da Construção, promovido pelo...

    23 de Abril de 2021
    +
    0
    OR

    A OR apresentou, no dia 16/04, sua nova assinatura: OR | Seu espaço inspirado em você. Alinhada à visão...

    22 de Abril de 2021