Idioma:

  • Ocyan participa do FPSO Brazil Congress

    DATA: 08/06/2018

    Publicado por: Ocyan

    Equipe Ocyan no Congresso: Clarice, Jorge, Cássia, Rodrigo, Aloysio e Marcelo

    A Ocyan apresentou novas soluções tecnológicas para o setor durante o FPSO Brazil Congress 2018, realizado nos dias 29 e 30 de maio, na cidade do Rio de Janeiro. Durante o evento, do qual também participou da organização, a empresa mostrou inovações relativas ao mercado de FPSO, em especial o FPSO Pioneiro de Libra, desenvolvido pela joint venture 50/50 TK-Ocyan, formada pela Ocyan e pela Teekay Offshore Partners L.P. (Teekay Offshore), além de apresentar o modelo de financiamentos para projetos desse porte. Esta é a primeira vez que este Congresso Internacional acontece no Brasil.

    “Foi muito importante trazer para o Brasil um Congresso como este, de impacto mundial. Recebemos nos dois dias de evento quase 200 pessoas do setor de óleo e gás. A tendência é que este mercado cresça, uma vez que o Brasil é o futuro do setor de FPSO. Em 2019, a meta é chegar a 300 participantes. Ficamos entusiasmados com o resultado”, destaca o diretor Superintendente de Serviços Integrados da Ocyan, Jorge Mitidieri, que foi o chairman do evento.

    No primeiro dia do evento, a diretora de operações de FPSO, Clarice Romariz, e o gerente de operação Daniel Figueiredo, ambos da joint-venture TK-Ocyan, apresentaram detalhes do bem-sucedido projeto do FPSO Pioneiro de Libra no painel ‘Successful Delivery of FPSO Pioneiro de Libra Using an EPC Lump Sum Model’. Essa embarcação é a primeira a realizar Testes de Longa duração no campo de Mero, no gigantesco Bloco de Libra, em atividade há seis meses.  “A construção e operação do FPSO Pioneiro de Libra são uma história de sucesso baseada acima de tudo em parcerias estratégicas. A entrega de um projeto desta magnitude foi resultado de um trabalho em equipe, durante 30 meses, com 19 milhões de h/h trabalhadas, sem apresentar problemas. O desafio agora é manter os padrões de segurança e melhorar a operação continuamente”, afirma Clarice Romariz. Já Daniel informou sobre os atuais contratos da Ocyan e mostrou os diferenciais do bloco de Libra. “O campo de Libra tem um reservatório viscoso, o que é muito bom. Hoje, temos dois projetos de FPSO, o Pioneiro de Libra e o Cidade de Itajaí, e a perspectiva é continuar a parceria nesta JV para futuras licitações”, pontua.

    No segundo dia, o diretor de subsea da Ocyan, Marcelo Nunes, apresentou uma novidade tecnológica para águas ultra profundas: um novo modelo de riser híbrido, o “Composite Multi-Bore Hybrid Riser” (CMHR), desenvolvido pela Ocyan em parceria com a Magma Global, no painel “Analysing the Impact of a Riser Tower System for an FPSO”. “O CMHR proporciona vários benefícios para os operadores. Atualmente há uma demanda constante pela redução em peso e carga na operação dos FPSOs. Com uma solução desacoplada, o CMHR aplica aproximadamente 20% da carga de outras soluções, resultando em uma diferença de carga de até 9.000 toneladas-força por FPSO”, destaca o executivo. A parceria da Ocyan com a Magma foi anunciada em abril, na OTC, em Houston.

    No painel que tratou dos financiamentos no setor de FPSOs, Cassia Dias, responsável pelos financiamentos dos projetos da Ocyan nessa área, tratou dos riscos e estruturas de garantia em financiamentos na modalidade project finance e relacionamento com instituições bancárias. “Os bancos verificam todo o escopo do projeto antes de financiar, incluindo as questões de segurança e todas as etapas da construção, além do risco de pagamento do cliente final (offtaker) ao longo do contrato. O custo de financiamento pode variar bastante em função dos riscos do projeto, e é preciso deixar os bancos confortáveis para que entrem com financiamentos”, esclarece. Cassia informou também que os bancos preferem financiar projetos onde o cliente final esteja em consórcios ou parcerias, ao invés daqueles de uma única empresa para mitigação de riscos.

    Estande Ocyan no Congresso

    A empresa montou estande próprio no hall de exposições, onde apresentou seus projetos e expôs a maquete do FPSO Pioneiro de Libra.

    “O objetivo do estande foi o de compartilhar com os participantes os desafios dos nossos projetos e as melhores soluções tecnológicas para cada um deles, em especial o FPSO Pioneiro de Libra”, finaliza o diretor-superintendente Jorge Mitidieri.

    FPSO Congress Brasil

    O evento foi realizado no país pela primeira vez, depois de uma avaliação realizada em 2017 quando ficou claro e o crescimento do setor de FPSOs no Brasil. Com mais de 45 unidades já em operação, 13 novas unidades em construção neste momento e outros 19 FPSOs sendo planejados para os próximos anos por empresas nacionais e internacionais, o Brasil continuará a ser o maior mercado do mundo para operadoras de FPSOs e fornecedores. Mais de 45% de todos os novos projetos de FPSO serão instalados no Brasil nos próximos 5/10 anos.

    O FPSO Brazil Congress abordou discussões aprofundadas sobre algumas das principais questões que afetam a indústria brasileira de FPSO. Ainda grupos de trabalho exploraram os temas de execução de projetos, desenvolvimento de talentos, soluções digitais, padronização de processos de FPSO e módulos.

    O Congresso faz parte da bem-sucedida série global de conferências sobre FPSO, das quais o Congresso Mundial FPSO continua a ser a maior reunião de profissionais do setor em nível mundial. O Brasil entrou para o calendário oficial com a próxima edição já confirmada para os dias 28 e 29 do mês de maio de 2019.

    Nenhum Comentário

    Quer saber mais sobre
    algum assunto?

    Clique aqui e deixe sua sugestão
    para o próximo post!

    Notícias Relacionadas

    +
    0

    No dia de 5 de outubro, a Ocyan foi fonte para a primeira reportagem da série Mapa da Energia,...

    08 de Outubro de 2018
    +
    0

    A Ocyan encerrou ontem (27) sua participação na Rio Oil & Gas 2018. Maior evento da indústria de petróleo...

    28 de Setembro de 2018
    +
    1

    A Ocyan está apta a voltar a participar de processos licitatórios da Petrobras, após a assinatura do Termo de...

    11 de Setembro de 2018
    +
    0

    A Ocyan, através da Base Macaé-Unidade de Perfuração, implementou no ano passado o projeto de Sistema de Gestão Integrada...

    10 de Agosto de 2018